Passagem Aérea

Os melhores preços em passagens aéreas e dicas para uma boa viagem

Os melhores preços em passagens aéreas e dicas para uma boa viagem

Passagens Aéreas para todos os destinos internacionais pelos menores preços podem ser encontradas aqui. Mais do que garantir o início da sua viagem, informamos também todas as providências que devem ser tomadas antes de partir.

Regras: Tarifa de estudante.

- O bilhete deverá ser utilizado (ida e volta) antes de completar 12 (doze) meses as contar da data de embarque;

- Caso o passageiro não embarque na data emitida originalmente, a validade passará a ser de 12 (doze) meses a partir da data da emissão e não da data de embarque da passagem aérea;

- Se o passageiro não puder embarcar na data emitida originalmente (seja na ida ou na volta), deverá cancelar ou alterar o bilhete. Se optar pela alteração deverá informar à Cia aérea ou agência emissora a nova data no ato da solicitação e pagar diferença de tarifa, classe e reemissão do bilhete, se houver;

- Em caso de cancelamento da viagem (antes do embarque) e solicitação de reembolso do valor pago pela passagem aérea, a Cia aérea cobrará uma multa de acordo com o valor informado na regra de cada Cia aérea. O valor da diferença paga será devolvido em até 90 (noventa) dias úteis ao titular da passagem aérea. O crédito será efetuado da mesma forma que foi utilizado para a compra (cartão de crédito ou depósito em conta bancária). O valor pago pela taxa de emissão/reemissão não serão reembolsados;

- Após o embarque, caso haja Desistência ou *No Show (seja por motivos pessoais ou perda de conexão) o bilhete não poderá mais ser reutilizado e os valores pagos não serão reembolsados;

- Após as datas de validade mencionadas acima o bilhete é inutilizado imediatamente, não podendo ser remarcados e os valores pagos não serão reembolsados;

- É permitido alteração de datas, tanto antes quanto após o embarque, mediante pagamento de multa de acordo com o valor informado na regra da Cia aérea. Qualquer solicitação de alteração, o passageiro deverá pagar uma taxa de reemissão do bilhete (atualmente o valor é o equivalente em reais à USD 50,00 – cinquenta dólares Americanos) à agência emissora + diferença de tarifa, se houver.

- Em caso de alteração é necessário existir combinação de classe e base tarifária conforme regras impostas pela Cia aérea. Caso não tenha disponibilidade na data solicitada na mesma classe e com a mesma tarifa paga, o passageiro deverá pagar a diferença de valor cobrada pela Cia aérea;

- Qualquer alteração no bilhete deve ser feita sempre antes de completar 12 (doze) meses da data de emissão;

- Idade mínima de 12 (doze) anos completos e idade máxima de 35 (trinta e cinco) anos completos para se beneficiar de uma passagem aérea com tarifa de estudante;

- Franquia de bagagem: 02 malas com até 32kgs cada a serem despachadas;

- Permanência mínima de 15 (quinze) dias no destino;

- O bilhete não poderá ser reitinerado após a emissão;

*O no-show voluntário é aquele passageiro que, por vontade própria e sem cancelar sua reserva simplesmente não comparece para o embarque, o que teoricamente poderia resultar em prejuízo para o transportador, caso não houvesse overbooking para compensar esse assento.
**O no-show involuntário é aquele passageiro que não comparece ao embarque devido motivos alheios a sua vontade.
***O passageiro classificado como no-show voluntário pode sofrer penalidade através de tarifa ou conforme regras da Cia Aérea.
****O passageiro classificado como no-show involuntário se causado por negligência ou descumprimento de contrato de transporte por parte da Cia área responsável pode pedir indenização a mesma.

Regras: Tarifa de sistema.

- O bilhete deverá ser utilizado (ida e volta) antes de completar 3 (três) meses as contar da data de embarque;

- Caso o passageiro não embarque na data emitida originalmente, a validade passará a ser de 3 (três) meses a partir da data da emissão e não da data de embarque da passagem aérea;

- Se o passageiro não puder embarcar na data emitida originalmente (seja na ida ou na volta), deverá cancelar ou alterar o bilhete. Se optar pela alteração deverá informar à Cia aérea ou agência emissora a nova data no ato da solicitação e pagar diferença de tarifa, classe e reemissão do bilhete, se houver;

- Em caso de cancelamento da viagem (antes do embarque) e solicitação de reembolso do valor pago pela passagem aérea, a Cia aérea cobrará uma multa de acordo com o valor informado na regra de cada Cia aérea. O valor da diferença paga será devolvido em até 90 (noventa) dias úteis ao titular da passagem aérea. O crédito será efetuado da mesma forma que foi utilizado para a compra (cartão de crédito ou depósito em conta bancária). O valor pago pela taxa de emissão/reemissão não serão reembolsados;

- Após o embarque, caso haja Desistência ou *No Show (seja por motivos pessoais ou perda de conexão) o bilhete não poderá mais ser reutilizado e os valores pagos não serão reembolsados;

- Após as datas de validade mencionadas acima o bilhete é inutilizado imediatamente, não podendo ser remarcados e os valores pagos não serão reembolsados;

- É permitido alteração de datas, tanto antes quanto após o embarque, mediante pagamento de multa de acordo com o valor informado na regra da Cia aérea. Qualquer solicitação de alteração, o passageiro deverá pagar uma taxa de reemissão do bilhete (atualmente o valor é o equivalente em reais à USD 50,00 – cinquenta dólares Americanos) à agência emissora + diferença de tarifa, se houver.

- Em caso de alteração é necessário existir combinação de classe e base tarifária conforme regras impostas pela Cia aérea. Caso não tenha disponibilidade na data solicitada na mesma classe e com a mesma tarifa paga, o passageiro deverá pagar a diferença de valor cobrada pela Cia aérea;

- Qualquer alteração no bilhete deve ser feita sempre antes de completar 12 (doze) meses da data de emissão;

- Idade mínima de 12 (doze) anos completos;

- Franquia de bagagem: 02 malas com até 32kgs cada a serem despachadas;

- Permanência mínima de 7 (sete) dias no destino;

- O bilhete não poderá ser reitinerado após a emissão;

*O no-show voluntário é aquele passageiro que, por vontade própria e sem cancelar sua reserva simplesmente não comparece para o embarque, o que teoricamente poderia resultar em prejuízo para o transportador, caso não houvesse overbooking para compensar esse assento.
**O no-show involuntário é aquele passageiro que não comparece ao embarque devido motivos alheios a sua vontade.
***O passageiro classificado como no-show voluntário pode sofrer penalidade através de tarifa ou conforme regras da Cia Aérea.
****O passageiro classificado como no-show involuntário se causado por negligência ou descumprimento de contrato de transporte por parte da Cia área responsável pode pedir indenização a mesma.

Importante:

Ao fazer conexão, é de inteira responsabilidade do viajante checar junto à Cia Aérea no momento do check-in ou na conexão se é necessário pegar a bagagem despachada, seja no Brasil ou no país de retorno, ou se a Cia Aérea faz a transferência direto para o avião da conexão, pois algumas Cia Aéreas não fazem a transferência e a bagagem acaba ficando no aeroporto da conexão.

Sendo assim, algumas pessoas pensam que a mala foi extraviada, quando na verdade elas deveriam ter pego a mala na conexão e feito um novo check-in para despachar para o país de destino no momento da conexão.

Caso haja extravio da bagagem, o viajante deverá fazer a ocorrência junto à Cia Aérea e/ou a empresa de Assistência Saúde e Viagem - ainda no aeroporto imediatamente a descoberta do extravio - para que essas possam iniciar os procedimentos pertinentes ao extravio.